Awari

29 de junho de 2021

Pesquisa Qualitativa e Quantitativa: entendo o que é

Com o avanço da era digital e o desenvolvimento de aplicativos e softwares cada vez mais focados na experiência de usuário, as metodologias de pesquisa estão em constante evolução para serem melhores e mais eficazes. Assim, antes de realizar qualquer pesquisa, é vital que tenhamos uma boa compreensão das metodologias disponíveis e quando aplicá-las.

Isso porque a análise de dados é ampla, exploratória e complexa. Mas, quando damos um passo atrás e tentamos simplificá-la, podemos ver rapidamente que ela se concentra em duas metodologias: pesquisa qualitativa e pesquisa quantitativas. Esses dois tipos de pesquisas são diferentes, mas juntos compõem os dados que serão analisados. 

Para obter os melhores resultados desses métodos em suas pesquisas, então, é importante que você entenda as diferenças entre eles. Vamos lá?

Na imagem vemos uma grupo de pesquisadores realizando uma pesquisa sentados em uma mesa.
Fonte: Unsplash

O que é Pesquisa Quantitativa?

Os métodos de pesquisa quantitativa são projetados para coletar dados numéricos que podem ser usados para medir variáveis. Os dados quantitativos são estruturados e estatísticos, por isso, seus resultados são, na maioria das vezes, objetivos e conclusivos. Ele é um método de teoria fundamentada nos dados que se baseia na coleta de dados que é analisada sistematicamente. 

A pesquisa quantitativa é uma metodologia que fornece suporte quando você precisa tirar conclusões gerais de sua pesquisa e prever resultados. As pesquisas são uma ótima ferramenta para pesquisa quantitativa, pois são econômicas, flexíveis e permitem que os pesquisadores coletem dados de um tamanho de amostra muito grande.

O que é Pesquisa Qualitativa?

A pesquisa qualitativa é uma metodologia projetada para coletar dados não numéricos para obter insights. A estratégia dela é que os usuários respondam à pergunta “por quê”.

Os dados gerados pela pesquisa quantitativa serão informações que buscam descrever um tópico mais do que medi-lo. Este tipo de pesquisa mede opiniões e pontos de vista. Métodos de pesquisa qualitativa geralmente envolvem a coleta de dados primários (aqueles obtidos diretamente do pesquisador com o uso de seus próprios instrumentos e experiência) , como entrevistas. 

Outra característica importante é que a pesquisa qualitativa geralmente é realizada em ambientes naturais, o que significa que os pesquisadores estudam as ações dos usuários como elas são, sem manipulação – não há, por exemplo, experimentos e grupos de controle.

Pesquisadores qualitativos procuram se aprofundar no tópico em questão para obter informações sobre as motivações, pensamentos e atitudes das pessoas. Um dos pontos negativos da abordagem qualitativa é que, embora ela traga profundidade de compreensão às suas perguntas de pesquisa, elas podem tornar os resultados mais complexos de analisar.

Métodos Qualitativos aplicados mais comuns:

  • Entrevistas individuais
  • Discussões em grupo
  • Grupos focais
  • Observações comportamentais

Leia também: Product Discovery: o que é e qual a sua importância

Quando usar pesquisa qualitativa ou quantitativa?

Dados quantitativos podem ajudá-lo a ver um panorama geral. Dados qualitativos adicionam os detalhes e também podem dar uma voz humana aos resultados da sua pesquisa. Mas como saber que momento é o ideal para realizar cada uma delas? 

Bem, a regra geral para decidir se deve usar dados qualitativos ou quantitativos é:

  • Use pesquisa quantitativa se quiser confirmar ou testar algo (uma teoria ou hipótese)
  • Use pesquisa qualitativa se quiser entender algo (conceitos, pensamentos, experiências)

Há também, outras formas de chegar a essa decisão. Abaixo, listamos algumas aplicações e situações:

  • Formulando hipóteses: A pesquisa qualitativa ajuda você a reunir informações detalhadas sobre um tópico. Você pode usá-lo para iniciar sua pesquisa descobrindo os problemas ou oportunidades em que as pessoas estão pensando. Essas ideias podem se tornar hipóteses a serem comprovadas por meio de pesquisa quantitativa.
  • Validando suas hipóteses: A pesquisa quantitativa lhe dará números aos quais você pode aplicar análise estatística para validar suas hipóteses. Esse problema era real ou apenas a percepção de alguém? Os fatos concretos obtidos permitirão que você tome decisões com base em observações objetivas.
  • Encontrar respostas gerais: A pesquisa quantitativa geralmente tem mais entrevistados do que a pesquisa qualitativa porque é mais fácil realizar uma pesquisa de múltipla escolha do que uma série de entrevistas ou grupos focais. Portanto, pode ajudá-lo definitivamente a responder a perguntas amplas como: As pessoas preferem você aos seus concorrentes? Quais dos serviços da sua empresa são mais importantes? Qual anúncio é mais atraente?
  • Incorporando o elemento humano: A pesquisa qualitativa também pode ajudar nas etapas finais do seu projeto. As citações que você obteve de perguntas abertas podem colocar uma voz humana nos números objetivos e tendências em seus resultados. Muitas vezes ajuda ouvir seus clientes descreverem sua empresa em suas próprias palavras para descobrir seus pontos cegos. Dados qualitativos lhe darão isso.

Qual a diferença entre a Pesquisa Quantitativa e Qualitativa? 

Uma boa maneira de reconhecer como funciona a abordagem das duas pesquisas na prática é através  de exemplos – e, aqui, as perguntas abertas e fechadas podem ajudá-los a entender melhor as diferenças entre os dois tipos de pesquisa.

Pergunta qualitativa

Se optar por utilizar a pesquisa qualitativa, você pode abordar perguntas mais abertas para o que você entender como o usuário pensa de forma “natural” e não guiada, como:

  • “O que você acha dos preços dos nossos cursos?”

Neste cenário, as pessoas lhe dariam feedback em suas próprias palavras e você provavelmente obterá algumas respostas imediatas e espontâneas. Outro exemplo:

Pergunta quantitativa

Já em uma pesquisa quantitativa, a abordagem muda, e você deve considerar usar uma resposta facilmente quantificável e, portanto, mais fechada, direcionada para a sua hipótese. Por exemplo:

Em relação aos nossos concorrentes, você acha que os valores dos nossos cursos são:

  • Mais altos
  • Mais ou menos o mesmo
  • Inferiores

Esse tipo de pergunta dará clareza aos entrevistados da sua pesquisa e, por sua vez, fornecerá dados consistentes e fáceis de analisar.

Como analisar dados qualitativos e quantitativos

Pesquisa realizada, dados obtidos e agora é hora de analisá-los, afinal, dados qualitativos ou quantitativos por si só não podem provar ou demonstrar nada, mas precisam ser analisados para mostrar seu significado em relação às questões de pesquisa para os stakeholders. E, assim como nas outras etapas da pesquisa, o método de análise também será diferente para cada tipo de pesquisa. 

Analisando dados quantitativos

Os dados quantitativos são baseados em números. Assim, matemática simples ou análise estatística mais avançada é usada para descobrir semelhanças ou padrões nos dados. Os resultados são frequentemente relatados em gráficos e tabelas.

Aplicativos como Excel podem ser usados para calcular coisas como:

  • Pontuação média
  • O número de vezes que uma resposta específica foi dada
  • A correlação ou causalidade entre duas ou mais variáveis
  • A confiabilidade e validade dos resultados

Analisando dados qualitativos

Dados qualitativos, por sua vez, são mais difíceis de analisar do que dados quantitativos. Consiste em texto, imagens ou vídeos em vez de números. Algumas abordagens comuns para analisar dados qualitativos incluem:

  • Análise de conteúdo qualitativa: Rastreando a ocorrência, posição e significado de palavras ou frases
  • Análise temática: Examinando de perto os dados para identificar os principais temas e padrões
  • Análise do discurso: Estudando como a comunicação funciona em contextos sociais
Eduardo Valim

Escrito por

Eduardo Valim

é redator na Awari e escreve sobre carreira e tecnologia.