Awari

Consegui minha vaga de PM, e agora? Um plano de 90 dias infalível para você triunfar

Conseguir a tão sonhada vaga de emprego em Product Management (PM) é um sinal de que os passos dados no processo seletivo foram certeiros. Logo, ficar em êxtase pelo resultado e curtir o momento é mais do que merecido. Mas tenha cuidado para não se deixar levar por essa emoção. Afinal, apenas uma etapa foi finalizada.

A entrada no emprego é uma nova fase que também precisa de empenho. Planejar estrategicamente as suas ações é fundamental para começar com o pé direito, entregando valor e criando sua marca logo nos primeiros meses. Se você não sabe o que fazer para iniciar a sua jornada do jeito certo, é só ler este artigo. Nas próximas linhas, eu te ensino a preparar um plano incrível. Vem comigo!

A importância de traçar um plano após conseguir a vaga

Um dos grandes erros cometidos pelos profissionais da área de Product Management é relaxar depois de conquistar aquela tão sonhada oportunidade. Muita gente se esquece de que o início do período de trabalho é crucial para validar a história que foi contada na entrevista.

Além disso, as primeiras impressões influenciam significativamente na percepção e na reputação em longo prazo. É o tal do Efeito Halo. Por isso, traçar um plano de ação para seguir nos primeiros meses de trabalho pode ajudá-lo a guiar uma trajetória de sucesso. 

Plano de 90 dias: comece no emprego novo com o pé direito

Não é somente na primeira semana ou no primeiro mês que você deve colocar o plano de Product Management em prática. O ideal é que o seu planejamento contenha iniciativas para 90 dias.

É, na verdade, o período de experiência. Vale destacar que a ideia com o plano não é deixar as atividades engessadas. Pelo contrário. Eu criei uma estratégia abrangente, que permite ajustes de acordo com o contexto.

Isso porque os detalhes são organizados individualmente.O meu objetivo é fornecer uma estrutura para você conseguir trabalhar em cima disso.

Colocando o plano de 90 dias em prática

O plano de 90 dias para Product Management é dividido em quatro grandes momentos. Confira a seguir a disposição do seu plano de sucesso em Product Management:

1º momento: contextualização (Semanas 1 e 2)

O momento de contextualização é uma etapa destinada a conhecer pessoas e processos. Essa imersão deve durar duas semanas. 

O que fazer nesta fase

Identifique e interaja com as pessoas que são peça-chave. Converse com heads de outras áreas, como Vendas, Marketing, CS, Operações, etc. Aproveite esse momento para criar conexões e laços com aqueles que serão stakeholders importantes no seu dia a dia. 

Além de profissionais de outros setores, você deve dar atenção especial aos Tech leads. Descubra quem é o líder técnico do seu time e estabeleça um diálogo com ele. Entenda os processos atuais, o que há de bom e o que precisa ser desenvolvido no time. Seu time também é parte importante nesse momento de contextualização.

A minha dica é chegar de mansinho e entender quem são as pessoas e como elas trabalham.Para isso, crie laços sinceros, identifique quais são os interesses das pessoas, o porquê estão lá e como tem trabalhado. Além de se dedicar a conhecer as pessoas, capriche na imersão dos processos. Fique por dentro de como são os fluxos e os horários.

E não chegue mudando as coisas. Chegue se adaptando para não criar uma relação autoritária. Saiba que esses primeiros contatos também dirão muito sobre você. Examine ainda documentos importantes que podem ampliar seu contexto.

Se você está assumindo um produto deixado por alguém, por exemplo, é preciso entender qual é o legado. Há uma história sobre ele e você precisa conhecer bem. 

Agora, se o produto não existe, sugiro você entender e buscar as documentações que levaram o negócio à decisão de criá-lo. Esse contexto estratégico é fundamental para você planejar os primeiros passos. 

Leia mais: Habilidades do Product Manager: quais são as qualificações mais pedidas?

2º momento: ramp up (Semanas 3 e 4)

O ramp up está relacionado à fase de início da produção do produto. É, portanto, o momento de estudar as estratégias para comercializar um produto novo ou trazer mais resultados para um produto já existente. Esta etapa deve durar duas semanas. 

O que fazer nesta fase

Entenda o backlog atual e priorizado. Se você está assumindo um legado, certamente, existirá uma lista. Portanto, descubra e compreenda como ela foi criada, quais são os itens contidos e os resultados esperados. Quando o produto já existe, é normal haver uma ansiedade para que o time não pare e as entregas continuem sendo feitas. Tenha consciência disso. 

Se o produto ainda não existe, mesmo que não tenha uma lista, é provável que você também tenha que lidar com a ansiedade de quem quer ver o produto de pé. 

  • Faça um entendimento profundo das features e tickets.
  • Explore o produto com os olhos de quem não está enviesado. 
  • Navegue pelas funcionalidades, faça pedidos, use de cabo a rabo. 

Mas lembre-se de que entender o produto não se resume a isso. Planeje passar um dia na área de atendimento e faça uma reunião com clientes junto ao time Comercial. Analise as métricas principais do seu produto e compreenda os motivos de elas terem sido criadas. Identifique quais são os OKRs em jogo e como eles se conectam com o seu produto. 

Se você não está assumindo um produto e ele ainda não existe, faça uma imersão no mercado, e procure reconhecer quais são os objetivos de negócios e o que precisará ser medido.

3º momento: controle tático (Mês 2)

Depois da contextualização e dos estudos aprofundados de estratégias de negócio e produto, é hora de mostrar trabalho. O segundo mês deve ser dedicado às atividades táticas e bastante alinhamento com o seu líder.

O que fazer nesta fase

Junto com o seu líder, comece a definir prioridades para o seu produto. 

Se antes você estava entendendo o backlog e, provavelmente, participando de sprints já planejadas, agora é hora de assumir a priorização e mostrar que você tem controle do backlog. 

Se o produto é novo, você precisa planejar as primeiras atividades efetivamente. Mesmo que não haja desenvolvimento, alinhe com o seu líder o que você já fez, onde progrediu e quais serão as próximas atividades.

Marque 1:1 para sincronizar essas prioridades, falar das suas impressões e possíveis bloqueios. Demonstre ter controle da situação em nível tático. Execute e mostre que você é uma pessoa que entrega e põe a mão na massa. 

4º momento: presença estratégica (Mês 3) 

Um quarter está chegando ao fim. Você já demonstrou controle tático e agora é o momento de mostrar que você pode contribuir com a estratégia do seu produto. 

O que fazer nesta fase

Comece a sugerir como será o próximo quarter do seu produto, por exemplo. Conecte suas ideias com as premissas estratégicas da empresa. 

A questão não é decidir os negócios, é você fazer sugestões e contribuir para a estratégia de acordo com o seu nível de autonomia e contexto. Mostre que você pode contribuir com algo a mais. 

Faça pesquisas de mercado, mapeie a cadeia de valor, deixe claro como os seus discoveries têm valor para a tomada de decisão do negócio e por aí vai. 

Conclusão

O plano de 90 dias é um verdadeiro roteiro do que você deve fazer nos três primeiros meses de empresa atuando na área de Product Management. Ao segui-lo, certamente, você terá um início muito mais produtivo e positivo para a sua carreira.

É claro que nem sempre é possível colocar em prática tudo o que foi planejado. As ações específicas devem ser ajustadas de acordo com o contexto e as movimentações que acontecem. Além disso, pode ser que algumas etapas precisem ser adiantadas.

Mas, no geral, é importante tentar manter esses períodos e, principalmente, cumprir todas as fases.

Espero que este plano de 90 dias facilite a sua adaptação e contribua para que você tenha muito sucesso na sua função como PM.

Referências:

https://arpitrai.medium.com/first-30-60-90-days-in-a-new-product-manager-job-43d380b34f14

https://medium.com/mulheres-de-produto/os-conselhos-que-eu-recebi-nos-meus-primeiros-dias-como-product-manager-no-nubank-278ce617a094

Avatar

Escrito por

Alex Ivonika

Mais de 10 anos criando produtos digitais e liderando equipes em startups premiadas no Brasil e na América Latina. Criador do Product Drops e editor no Product Guru’s, professor dos cursos de Product Management da Awari e Product Manager na Agrosmart.