← Voltar para o blog

Desenvolvedor de software: saiba tudo sobre a carreira

Desenvolvedor de software: saiba tudo sobre a carreira

Na hora de escolher uma profissão, é muito comum que as pessoas pensem sobre as vantagens que ela pode trazer. No caso do cargo de desenvolvedor de software, os benefícios são muitos: mercado em expansão, oportunidades de emprego, ótimos salários, independência e inúmeras possibilidades de atuação.

Se você pretende se iniciar nessa carreira, saiba que é possível! Antes, porém, é importante que você conheça seus principais aspectos, tire suas dúvidas e conheça o dia a dia desse tipo de profissional.

Abaixo, explicamos com mais detalhes como é a profissão de desenvolvedor de software e o que você precisa para atuar profissionalmente na área. Vamos conferir?

O que faz um desenvolvedor de software?

O desenvolvedor de software é o profissional responsável por escrever códigos de programação e pensar em soluções com o objetivo de criar, aperfeiçoar e testar softwares. Trata-se de uma ramificação do trabalho de programador.

Mas o que é um software, afinal? Podemos definir esse termo como qualquer programa ou serviço de computadores, smartphones ou outros dispositivos, que é utilizado para realizar algum tipo de ação ou tarefa. Nessa categoria, estão incluídos programas de computador, sistemas operacionais, páginas da web e sites, jogos, aplicativos, entre outros.

Pensando nisso, esse profissional precisa se basear em informações a respeito do público e dos objetivos da empresa para desenvolver softwares que sirvam como soluções eficazes. Durante esse processo, ele deve escrever o código, e juntamente com a equipe, testar o que foi feito, propondo correções melhorias sempre que necessário.

O que faz um desenvolvedor de software
A profissão de desenvolvedor de software tem como objetivo a criação, aperfeiçoamento e testagem de programas e aplicações. 

As possibilidades de atuação de um desenvolvedor são incontáveis. Ele pode criar softwares para computadores, aplicativos para celulares e dispositivos eletrônicos, sistemas operacionais e até mesmo soluções de inteligência artificial.

Da mesma forma, o profissional pode trabalhar como Front-End, Back-End, Full Stack, DevOps, ou até como desenvolvedor mobile, desktop, especializado em banco de dados, computação em nuvem, entre muitas outras possibilidades.

Para isso, ele precisa ter domínio sobre lógica de programação e saber como utilizar ferramentas, linguagens e frameworks para isso, como HTML, CSS, Javascript, Java, Python, C#, Node.js, Angular.js, React, entre outras.

Qual a diferença entre desenvolvedor e engenheiro de software?

Esse é um tópico bastante discutido na área, já que na maioria das vezes esses termos são usados como sinônimos. Entretanto, se formos nos basear no significado das palavras “desenvolvedor” e “engenheiro” vamos observar algumas diferenças fundamentais.

Quando se fala em desenvolvimento, a ideia que vem à mente é de alguém que faz uma série de tarefas para a criação gradual de um projeto. É o caso de um desenvolvedor de negócios, por exemplo.

Já o engenheiro é alguém que tem uma visão macro de um projeto, e atua especialmente em sua estrutura, tal qual um engenheiro civil. 

Assinatura Awari | Cursos Programação

Teoricamente, essa seria a diferença entre esses dois cargos: um atua mais no dia a dia, realizando todo o tipo de tarefas e levantando o software gradativamente; já o outro investe seu tempo em questões mais estruturais e arquitetônicas, para que o produto funcione como estipulado. 

Onde um desenvolvedor de software pode trabalhar?

Já mencionamos que as possibilidades de trabalho de desenvolvimento de softwares são muitas. Por essa razão, há uma série de tipos de empresas em que esses profissionais podem atuar. 

Em primeiro lugar estão as empresas de tecnologia e agências multidisciplinares, que atuam ativamente na criação de softwares. Além disso, também há a possibilidade de atuar em startups, e-commerces, fintechs ou qualquer outro tipo de negócio que precise de serviços de criação e manutenção de programas, páginas e aplicativos.

Onde um desenvolvedor de software pode trabalhar
Qualquer empresa que trabalhe com tecnologia pode precisar de um desenvolvedor de software.

Outra alternativa é trabalhar como profissional autônomo, sem vínculo com uma única empresa. Nesse caso, você pode prestar serviços para diferentes projetos na criação de softwares.

Quanto ganha um desenvolvedor de software?

Além de ser um cargo com muitas possibilidades de emprego, os desenvolvedores de software também costumam ter ótimos salários, e com uma ótima excelente progressão de acordo com a experiência profissional. 

Segundo dados do Glassdoor, a média salarial de um desenvolvedor de software no Brasil é de R$ 7.000. Os salários para iniciantes parte de cerca de R$ 4.000, e pode ultrapassar a faixa de R$ 12.000, em caso de profissionais mais experientes, ou de empresas de maior porte.

Para quem pretende trabalhar fora do país, o mercado internacional também oferece muitas vagas com ótimos pagamentos. No caso dos Estados Unidos, por exemplo, a remuneração média de um desenvolvedor de software é de US$ 8.146, em média. Esse valor pode superar os US$ 11.500, de acordo com o tamanho da empresa e a experiência.

Como se tornar um desenvolvedor de software?

A profissão de desenvolvedor de software proporciona muitas possibilidades de atuação, além de ser muito valorizada no mercado de trabalho. Justamente por isso, essa é uma excelente oportunidade de carreira. Mas por onde começar?

O mais importante para que você se inicie nessa profissão é ter domínio sobre lógica de programação, e saber aplicá-la escrevendo códigos por meio de linguagens de programação. A partir desse conhecimento, você poderá aprender a utilizar outras ferramentas como frameworks e bibliotecas.

Além disso, também pode ser essencial conhecer metodologias ágeis, que são a base da gestão de projetos em tecnologia. Há dezenas de modelos diferentes, e elas preveem formas de gerenciar o que já foi feito, o que está sem desenvolvimento e o que ainda precisa ser realizado.

Uma pergunta muito comum entre os iniciantes é “qual faculdade fazer para ser um desenvolvedor de software?” De fato, há profissionais que fazem cursos de graduação com Ciências da Computação ou Análise e Desenvolvimento de Sistemas para se especializar na área. Porém, isso não é imprescindível, e é possível estudar de outras formas.

Na Awari, você encontra um Curso Gratuito de Programação, que reúne tudo o que você precisa saber para começar a carreira de desenvolvedor de software. O módulo introdutório inclui aulas sobre Introdução a Desenvolvimento Web, HTML e CSS, Javascript ES6+, Frameworks, Edição e Gestão de Códigos.
A partir desse curso, você pode começar a programar e terá uma boa base para desenvolver habilidades mais específicas para atuar no mercado de trabalho. Clique aqui e faça seu cadastro gratuitamente! 

Escrito por

Avance sua carreira

e cuide do seu futuro

Esse é o momento para investir em seu futuro e dar seu próximo passo profissional. Comece agora e crie sua conta na Awari:

Começar agora